Rubens Teixeira

Blog Pessoal

Políticos corruptos e suas quadrilhas servem-se de técnicos fracos e subservientes para, com ou sem consentimento desses técnicos, instalarem a corrupção em seus governos. É proposital quando escolhem técnicos ‘patos mancos’, obedientes incondicionais.

Esses ‘anjinhos’ são tão fiéis ao mandatário bandido que cumprem até ‘missões criminosas’.

Para afastar a corrupção, a má gestão e decolar, o Brasil precisa, nas funções públicas, de técnicos de alta performance, corajosos e que se imponham com transparência na gestão.

Isso inviabiliza muito a corrupção. Técnicos tem de ser cobrados de resultados para a sociedade. Isso refletirá o resultado dos governos.

Honestidade tem de ser premissa fundamental, para políticos e técnicos.

Tudo isso será possível quando tivermos políticos competentes, honestos e que amem de fato o Brasil.

Teremos estes políticos quando o povo não se apaixonar e nem idolatrar políticos, mas tratá-los como ‘contratados para uma missão’.

Promessa de campanha é contrato social. Se entregar resultado, fica. Senão, sai.