Rubens Teixeira

Blog Pessoal

Tomara que os preços dos combustíveis baixem e que não arrebentem as finanças dos estados.

De forma assustadora, para um Congresso molenga, um dia após Senado votar, Câmara aprova texto-base de projeto que limita ICMS sobre combustíveis.

A velocidade de tramitação é possível. Mas o fim do foro privilegiado e a prisão após condenação em segunda instância não lhes emociona a este ponto.

Afinal de contas, já que não assumiram a Petrobras, precisam encontrar um caminho para baixar o preço dos combustíveis antes das eleições, senão vão pagar nas urnas. Daí, ‘explica-se’ a gambiarra que estão fazendo às pressas.

A solução inteligente e esperada seria ter assumido a Petrobras, mudado o modelo de cálculo de preços de combustíveis e não deixado o real desvalorizar tanto, nos últimos três anos.

O tema foi esquecido. Lamentavelmente está sendo lembrado por causa das eleições e estão fazendo esta gambiarra. As consequências geradas pela geringonça virão mais à frente, mas as eleições já terão passado. O problema dos políticos estará resolvido e, como antes, o problema dos brasileiros continuará não os emocionando.

Afinal, só querem mesmo o poder e isso eles conseguem nas eleições. Quando as eleições estiverem longe, o povo que se lasque.